Portal Luis Nassif

Estudo avalia oxidação do óleo de girassol

DAYANA AQUINO
Da Redação - ADV


Embora esteja incluído no Plano Nacional de Produção e Uso de Biodiesel (PNPB) a produção e consumo do óleo oriundo do girassol está abaixo do potencial. A planta, que oferece boas condições de cultivo, como ciclo curto, elevada qualidade e bom rendimento de óleo, foi objeto de estudo, para avaliar estabilidade do óleo com a adição de antioxidantes sintéticos.

O estudo, intitulado “Avaliação da estabilidade oxidativa de biodiesel de óleo de girassol com antioxidantes” envolveu a produção de biodiesel, a partir da planta, e sua caracterização de acordo com os parâmetros da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Os resultados apontaram que o biodiesel a partir de óleo de girassol e etanol apresenta características apropriadas para ser usado em motores a diesel. A adição de antioxidantes ao biocombustível elevou sua estabilidade nos ensaios realizados. O antioxidante TBHQ foi o que apresentou melhores resultados, sendo o mais indicado para utilização em ésteres etílicos de óleo de girassol.

De acordo com o documento, a alternativa de uso do grão na geração de energia é somada como uma alternativa aos desafios que a cultura do girassol enfrenta no Brasil. Os desafios são basicamente três: o primeiro diz respeito a oferecer aos produtores uma cultura alternativa, em caráter complementar na mesma área agrícola (safrinha), oferecer mais uma oleaginosa às indústrias que já processam outros grãos, reduzindo sua ociosidade; e oferecer ao mercado um óleo comestível de valor nutritivo.

O foco do estudo foi permeado pela preocupação em manter o nível estável de oxidação do biodiesel, que independente da matéria prima utilizada, possui uma grande sensibilidade a diversos fatores, que podem reduzir sua qualidade. A oxidação pode ser causada pelo contato com o ar ambiente e à luz. Manter sua estabilidade é o objetivo dos produtores.

Como praticamente todas as oleaginosas podem vir a ser transformadas em biodiesel, a pesquisa aponta que óleo de girassol destaca-se por suas excelentes características físico-químicas, cuja produção da oleaginosa está entre as maiores culturas do mundo, apresentando viabilidade técnico-ambiental na produção de biocombustíveis.

Todos as etapas de produção do energético a partir do óleo de girassol foram avaliadas, com dados físico-químicos de cada etapa. Para acessar a íntegra do documento e visualizar os dados e discussões em cada fase acesse o link: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-40...

Exibições: 90

Tags: agricultura, biodiesel, diesel, estudo, etanol, girasol

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Dinheiro Vivo

Publicidade

© 2014   Criado por Luis Nassif.

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço