Portal Luis Nassif

MÚSICA BRASILEIRA É TUDO DE BOM. ORQUESTRA EXPERIMENTA DE REPERTÓRIO E O ENCERRAMENTO DAS COMEMORAÇÕES DOS 90 ANOS DA SEMANA DE ARTE MODERNA DE 1922.

A Orquestra Experimental de Repertório abriu a temporada 2012 com um concerto voltado exclusivamente à música brasileira. Integrante da comemoração dos 90 anos da Semana de Arte Moderna a abertura da temporada mostrou jóias da música orquestral brasileira. Sempre ouço Bethovens , Mozarts , Vivaldis e os grandes mestres da música clássica e me esqueço da música nacional. Pode até servir de consolo, mas não estou só nesse erro.
O programa apresentado no dia 26 de Fevereiro no Theatro Municipal de São Paulo mostra que a música brasileira pode , deve e tem condições de ser tocada em qualquer parte do globo. A festa começou com Batuque, uma alegre e excitante composição de Lorenzo Fernandez. A peça já foi regida pelo grande maestro italiano Arturo Toscanini e faz parte da suíte Reisado do Pastoreio. Batuque é pura sensualidade, expressa coloridos originais em uma música envolvente, mostra um ritmo noturno que empolga. Quando o tema central ganha toda a orquestra a música contagia, viajamos para as noites do interior do Brasil, com seu clima quente e sensual.
Depois desse êxtase, nem deu pra respirar, vem outra pérola de Villa-Lobos. Suas óperas e musicais nunca me convenceram, mas orquestração é com ele mesmo. A fantasia para piano e orquestra Momoprecoce é uma peça de beleza única. Convence pelos belos solos do piano que evocam jogos infantis. Seus quadros são um deleite de belas melodias populares e ingênuas. Pablo Rossi entendeu a atmosfera , tocou leve e mostrou toda a gama de nuances. A Orquestra Experimental de Repertório regida pelo sempre competente Jamil Maluf entrou no clima e captou com brilho as belas melodias da partitura. Grande orquestra formada por jovens músicos.
Um intervalo para respirar não faz mal a ninguém. Assimilar a música ouvida e conversar com os amigos. Sem querer escuto que teremos uma ópera em Abril, La Traviata de Verdi no Theatro Municipal de São Paulo. Detalhe , serão três elencos. Esse título consta na lista prévia apresentada nesse blogue algumas semanas atrás.
Radamés Gnattali é um compositor que trafega entre o erudito e o popular. Prova é a Sinfonia Popular número 1 . Sua musicalidade é simples e direta, suas melodias com temas claros remetem a simplicidade do povo brasileiro, as ruas ao povão. A Orquestra Experimental mais uma vez deu vida a essa brilhante peça. A condução de Jamil Maluf acertou na sonoridade, mostrou todo o brilho e a simplicidade da obra.
A Orquestra Experimental de Repertório fechou com chave de ouro as comemorações dos 90 anos da Semana de Arte Moderna. Apresentou na ensolarada manhã de Domingo excelentes compositores nacionais e músicas que encantam os ouvidos. Depois de tanta audição , um almoço em família é a melhor opção.
Ali Hassan Ayache

Exibições: 33

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Dinheiro Vivo

Publicidade

© 2014   Criado por Luis Nassif.

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço