Portal Luis Nassif

QUARESMA E QUARESMEIRA

A quaresma já começou e aqueles que têm algum apego religioso vão se preparar para a chegada da Páscoa. Durante esse período, não sei se pelos excessos do carnaval, é comum promessas enormes para atingir uma graça. Têm os que ficam sem comer carne vermelha, aqueles que não comem carne nenhuma, outros não bebem e muitos almejam parar de fumar. Têm também aqueles que juram não comer um pedacinho de doce para perder os quilinhos a mais que vieram acumulando desde o Ano Novo. A ideia é ficar sem aquilo que mais gostamos para que a Páscoa realmente nos liberte. Alguns, com maior ou menor pesar, conseguem; outros caem pelo caminho e sentem por não terem conseguido. Pedem perdão a Deus e as coisas seguem até a próxima quaresma ou a próxima promessa.

Mas, saindo do campo religioso e entrando na botânica, também é o mês das quaresmeiras florirem. O nome já remete ao período de tempo e a avenida mais bonita nesta época, sem dúvidas, é a João Pinheiro em Poços de Caldas. Pelo menos era quando lá trabalhei nas últimas duas décadas do século passado. Puxa! Desde a rodoviária até o centro da cidade as árvores floridas eram um espetáculo à parte. Depois inventaram de construir um monotrilho que deixou mais feia a paisagem, mas as quaresmeiras continuaram imponentes. Como a cidade de Poços de Caldas sempre foi muito bem cuidada acredito que elas ainda estão lá embelezando todo o caminho.

Sei também que a árvore já inspirou vários poetas e escritores. Não é o meu caso, por enquanto. Dela só vai este pedaço de crônica por ter roubado o nome do período religioso. Não estudei o assunto, mas creio que não existia a quaresmeira, com este nome, antes da religiosidade cristã tê-lo utilizado. Então, nos primórdios dos tempos no estudo da botânica, algum cientista das coisas naturais mandado por algum rei de alguma parte do mundo, que sempre viajavam a tiracolo como os distintos representantes da Igreja, ao perceber que floresciam na época da quaresma, para agradar ao padre por algum pecado guardado no recôndito da alma, resolveu dar o nome à bela árvore de quaresmeira. E assim ficou até os tempos atuais. Bem que botânicos têm mania de dar às plantas aqueles nomes difíceis que nem eles sabem porquê. Tebouchina Granulosa, vocês acham que isso é nome que se dê a nossa querida quaresmeira? O pior é que dizem que é da família das Melastomataceae. Terrível, não é verdade? Mas vamos deixar os nomes de lado e apreciar a beleza da quaresmeira florida para que a quaresma religiosa fique menos penosa para aqueles que querem um sacrifício de purificação.

 

Fernando Dezena

25/02/2012

Exibições: 7

Os comentários estão fechados para esta mensagem de blog

Novas

Receba notícias por e-mail:

Dinheiro Vivo

Publicidade

                                                                   http://www.adobe.com/go/getflashplayer\"><img src=\"http://www.adobe.com/images/shared/download_buttons/get_flash_player.gif\" alt=\"Get Adobe Flash player\" width=\"112\" height=\"33\" /></a></p>\u00a0\u00a0\u00a0\u00a0\u00a0\u00a0\u00a0\u00a0\u00a0</div>\u00a0\u00a0\u00a0\u00a0\u00a0\u00a0\u00a0\u00a0\u00a0 <!--[if !IE]>-->\u00a0\u00a0\u00a0\u00a0\u00a0\u00a0\u00a0 ','hspace':null,'vspace':null,'align':null,'bgcolor':null}" height="600" width="150">
        <!--<![endif]-->
      </object>

© 2014   Criado por Luis Nassif.

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço